Pesquisar no blog

domingo, 2 de abril de 2017

GRAMA AMENDOIM OU AMENDOIM FORRAGEIRO


A grama amendoim, cientificamente chamada de Arachis Repens e também conhecida por amendoim-rasteiro, amendoinzinho e amendoim-forrageiro, é uma planta leguminosa pertencente à família Arachis. Conhecida por sua bela cobertura verde-escuro, de textura peculiar, e suas delicadas flores amarelas, a grama amendoim é comumente empregada no paisagismo, principalmente nos jardins das fazenda e também para alimentação de ruminantes.






ORIGEM
É originário da América do Sul com cerca de 70 a 80 espécies encontradas no Brasil, Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. 

DESCRIÇÃO MORFOLÓGICA
  • O amendoim forrageiro é uma leguminosa herbácea perene, de crescimento rasteiro, estolonífera com 20 a 40 cm de altura.
  • Possui raiz pivotante que cresce em média até cerca de 30 cm de profundidade. As folhas (A) são alternas glabas mas com pelos sedosos nas margens. 
  • O caule (C) é ramificado, cilíndrico, ligeiramente achatado com entrenós curtos e estolões que podem chegar a 1,5 cm de comprimento. 
  • A floração é indeterminada e contínua, com as inflorescências axilares em espiga. Cálice bilabiado pubescente com um lábio inferior simples e um lábio superior amplo com quatro dentes pequenos no ápice, proveniente da fusão de quatro sépalas.
  • A corola (B) é formada por um estandarte de cor amarela, com asas também amarelas e delgadas. 
  • A quilha é pontiaguda, curvada e aberta ventralmente na base, muito delgada, e de cor amarelo claro.
  • O amendoim forrageiro é uma espécie geocárpica, ou seja o fruto se desenvolve dentro do solo. O fruto (D) é uma cápsula indeiscente que contém normalmente uma semente, às vezes duas e raramente três sementes. 
  • Apresenta pouca floração e baixíssima produção de sementes, sendo a sua multiplicação feita de forma vegetativa.

APLICAÇÕES
  • Sua principal aplicação é na pastagem para gado, pois possui alto valor nutritivo para os animais. Além disso, o desenvolvimento e rebrote rápidos da grama amendoim fazem dela uma excelente vegetação para se usar na proteção de taludes. Suas raízes profundas, que podem medir cerca de 30 cm de profundidade, garantem uma ótima resistência do terreno contra chuvas e deslizamentos.
  • Em sua aplicação para jardins e hortas, a grama amendoim desempenha muito bem o papel de proteção contra ervas daninhas e, por isso, reduz também os gastos na manutenção do gramado. Sua densa folhagem garante que o solo receba bem pouca ou nenhuma luz solar e impede que ervas daninhas apareçam.
  • Cobertura do solo para fins ornamentais em áreas que não estão sujeitas ao transito frequente de pessoas, animais ou veículos. Suas flores amarelas proporcionam um belo e forte contraste com as folhas verdes. Devido à baixa altura da planta, não há necessidade de cortes frequentes.

CARACTERÍSTICAS
Sua folhagem é constituída de pequenas folhas com pelos sedosos nas margens e pequenas flores amarelas ao longo de todo gramado, e que florescem várias vezes ao ano. A grama amendoim, embora pareça rústica, não é dotada de boa resistência ao desgaste, geadas, e o pisoteio, porém, possui rápido rebrote e sua capacidade de regeneração é muito grande. Adapta-se em diversos tipos de solo variando de arenoso a argiloso. Cresce bem em solos ácidos, de baixa e média fertilidade com altitudes desde o nível do mar até cerca de 1800m, desenvolve melhor quando a precipitação é superior a 1200 mm/ano. Desenvolve bem em áreas de encharcamento temporário. Tem exigência moderado a fosforo. Como forrageira, fornece alimento abundante e de qualidade aos animais ruminantes. O amendoim forrageiro se adapta bem a altitudes desde o nível do mar até cerca de 1.800 m, desenvolve-se bem quando a precipitação é superior a 1.200 m.


CUIDADOS 
A grama amendoim não é muito tolerante a períodos de seca prolongados e necessita de irrigação periódica, contudo, demonstra maior resistência do que outros tipos de gramado, quando cultivados nas mesmas condições do cerrado. Com suas raízes compridas, que podem alcançar até 30 cm abaixo do solo, a grama amendoim pode buscar os nutrientes e água de que precisa bem fundo no solo, e por isso pode tolerar períodos consideravelmente extensos sem irrigação. Possui boa resistência a sombra e recomenda-se que seu cultivo seja feito a pleno sol ou meia sombra. Podendo ter de 20 cm a 40 cm de altura, dispensa as podas periódicas e possui tolerância média ao encharcamento do solo.

COMO CULTIVAR 
A grama amendoim produz uma quantidade muito pequena de sementes, tão pequena que seria inviável a sua comercialização. O cultivo da grama amendoim é possível através de mudas e de estolões, que podem chegar até 1,5 cm de comprimento. Para garantir uma propagação efetiva do gramado, seu cultivo é feito através de mudas ou estolões ligeiramente desenvolvidos que são plantados com certa distância uns dos outros. O sucesso do cultivo dessa forma se dá pelo fato de que a grama amendoim é muito agressiva em cobrir o solo e se desenvolve com muita rapidez. Apesar disso, a grama amendoim se dá muito bem com outras espécies de gramíneas igualmente agressivas como, por exemplo, as do gênero Brachiaria e podem ser cultivadas em conjunto.

ANÁLISE DOS BENEFÍCIOS E ASPECTOS NEGATIVOS DA GRAMA AMENDOIM

BENEFÍCIOS 
  • A grama amendoim se desenvolve muito bem mesmo em solos ácidos, com média ou pouca fertilidade, e pode ser utilizada para fazer a correção da acidez do solo e na recuperação de solos muito degradados ou pouco férteis.
  • É muito utilizada em plantações de hortaliças e pomares devido aos grandes benefícios que ela traz ao solo e as plantas próximas de onde é cultivada. Ela é geralmente implantada entre os meios dos cultivos onde ajuda, não só a combater as ervas daninhas, mas também a reter umidade e fixar o nitrogênio no solo, adubando o solo naturalmente, além de fazer a correção do pH da terra. Por tais motivos, a grama amendoim é considerada um adubo vivo ou “adubo verde“.
  • Devido sua ótima cobertura do solo, com densa camada de estolões (caule que cresce paralelamente ao chão), e capacidade de crescer sobre sombreamento, além de prover a fixação biológica de nitrogênio. Também pode ser utilizada para controlar erosão e ajudar na recuperação de áreas degradadas.
  • Excelente valor nutritivo para ruminantes.
NEGATIVOS 
  • Tais pontos negativos da grama amendoim são muito claros e não somam muitos em sua totalidade. O principal aspecto a se levar em consideração é que a grama amendoim é muito delicada e não suporta bem o desgaste de pisoteio e geadas (com certeza rebrota após a geada). 
  • Outro fator que não foi comentado ao longo do artigo é que ela pode eventualmente atrair lebres, o que pode representar um problema para o seu cultivo em hortas. 
  • Mesmo sendo poucos, são fatores essenciais para se analisar antes de começar a cultivar a grama amendoim. Questões como, qual será o nível de uso do gramado ou se existem lebres próximo a sua localidade, são de extrema ajuda na hora de fazer tal escolha. Podemos dizer que, deixando de lado os pequenos inconvenientes da grama amendoim, ela é uma ótima opção para o cultivo de um gramado ou pastagem.

Fonte:
http://gramagrama.net/tipos-de-grama/grama-amendoim
https://pt.slideshare.net/AlexandrePanerai/amendoim-forrageiro-embrapa
http://www.ceplac.gov.br/radar/amendoim%20forrageiro.htm
Postar um comentário