Pesquisar no blog

sábado, 20 de outubro de 2012

LIVRO NEGRO - INSETOS VAMPIROS


A galeria mostra insetos e outras classes de animais que ganham a vida se alimentando do sangue de outras espécies, geralmente de maior porte.A ciência os conhece como hematófagos, mas Hollywood os chamaria de vampiros.






Entre os alvos preferidos estão os humanos. Essa forma de se alimentar, à primeira vista, parece reprovável, mas do ponto de vista evolutivo faz sentido. O sangue contém uma grande quantidade de nutrientes, é fácil de digerir e permite que pequenos animais se alimentem de presas maiores. O perigo de ser picado por um destes bichos não está no fato de perder alguns mililitros de sangue, mas no risco de contrair doenças. Os insetos mostrados aqui podem transmitir dengue, alergia, febre amarela e doença do sono, entre outros males.


Esta mosca listrada 'Tabanus lineola' é encontrada em partes dos Estados Unidos e no Golfo do México. Nesta espécie, a fêmea é quem pica. Os machos são inofensivos.


Este carrapato está de barriga cheia depois de se alimentar de uma ovelha. Para se conseguir este nível de detalhamento, foi feita uma foto eletrônica colorida digitalmente.


A fotografia captou um momento íntimo, quando dois percevejos-de-cama acasalavam. Eles se alimentam de sangue humano e causam machucados na pele e reações alérgicas.


O nome impõe medo. O chamado "inseto assassino" se encontra em várias partes do mundo e tem uma picada dolorosa. Ele injeta a saliva em suas presas. O líquido corrói os tecidos, mata a presa e faz uma pré-digestão, antes de o inseto de alimentar .



Mosa do sono - A mosca tsé-tsé 'Glossina fuscipes fuscipes' é encontrada na África tropical. O sangue perdido é o menor dos males. Ela transmite a doença do sono, enfermidade que pode ser fatal.


Vista tão de perto, esta pulga parece ameaçadora, mas ela não ataca humanos, prefere o sangue do morcego-anão.


Conhecido como mosquito tigre, o 'Aedes albopictus' é responsável por várias doenças, entre elas dengue, febre amarela e o vírus do oeste do Nilo. Originário das áreas tropicais e subtropicais da Asia, este inseto se espalhou por vários países do mundo.


A foto mostra uma pulga de areia macho na pele do seu hospedeiro.


O piolho-caranguejo infesta os seres humanos e se alimenta exclusivamente de sangue. Também é conhecido por piolho-da-púbis, por conta da região em que costuma se hospedar.

Esta foto captou o momento exato em que um mosquito se alimenta de sangue humano.




Fonte:  UOL.com.br / SPL/Barcroft Media/Sinclair Stammers

Nenhum comentário: