Pesquisar no blog

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

TÃO IGUAIS, ENTRETANTO SÃO DIFERENTES.

Parecem iguais mas são diferentes e especiais. Alguma vez você já se perguntou o que exatamente faz a diferença? Eles têm um monte de características únicas e outras que muitas vezes não são perceptíveis à primeira vista. Quem nunca chamou uma rã de sapo, ou um jacaré de crocodilo, que atire a primeira pedra. Espera... pedra não pode!


Há certos momentos da vida que nos fazem pensar que existe uma conspiração do universo contra nós. O que não se percebe nestes casos, é que ao nos colocarmos nessa posição, há apenas duas possibilidades de interpretação. É, ou não é. Temos de aprender a enxergar o outro lado da moeda.



LHAMA X ALPACA

As lhamas são duas vezes maiores do que as alpacas, mas as semelhanças são tantas que não seria impossível confundir uma alpaca com um filhote de lhama. As principais diferenças ficam por conta das orelhas (as das lhamas são muito mais longas), o pêlo (muito mais fino nas alpacas, que também produzem mais lã) e no comportamento (lhamas são animais mais independentes, servindo de guarda para ovelhas e até... alpacas!).

DROMEDÁRIO X CAMELO

Engana-se quem pensa que camelo e dromedário são dois nomes diferentes para o mesmo animal. Mas a confusão é justificada: são duas espécies para o mesmo gênero, Camelus. O Camelus dromedarius tem apenas uma corcova, enquanto o Camelus bactrianus (o que chamamos tradicionalmente de camelo) tem duas. Os camelos têm duas corcovas, os dromedários só uma; os camelos têm patas mais curtas, já as patas dos dromedários são mais longas; os pelos dos camelos são mais longos, enquanto nos dromedários os pelos são mais curtos. Ah, e ambos são primos das lhamas e das alpacas!


ELEFANTE AFRICANO X ASIÁTICO

Os elefantes africanos são muito maiores e mais pesados do que seus parentes, os elefantes asiáticos. Outra diferença é que as fêmeas dos elefantes asiáticos não tem presas de marfim. As orelhas dos africanos também são bem maiores: é costume dizer que basta olhar para elas para saber de onde vem o bicho. Enquanto as grandes orelhonas do africano lembrariam o formato desse continente, as do elefante asiático seriam mais parecidas com o formato da Índia.

JABUTI X TARTARUGA

O jabuti é um réptil exclusivamente terrestre. Seu casco é alto e suas patas são cilíndricas, lembrando patas de elefantes, além de apresentarem unhas. Já as tartarugas são geralmente marinhas, mas existem espécies de água doce. Esses animais só vão a terra para a desova. Suas patas são como remos, facilitando assim a sua natação.

JACARÉ X CROCODILO

As diferenças entre eles são principalmente anatômicas. A forma mais fácil de diferenciar um animal do outro são os dentes. Nos dois animais, o quarto dente de cada lado do maxilar inferior é maior que os outros O jacaré possui reentrâncias onde esses dentes ficam escondidos e só aparecem quando o animal abre a boca. No caso do crocodilo, eles ficam expostos. Além disso, os dentes superiores e inferiores dos jacarés não são alinhados, enquanto os do crocodilos são. Outra diferença é o formato da cabeça. Enquanto o jacaré tem focinho largo e arredondado, a cabeça do crocodilo é mais afilada. Tamanho não é documento. O comprimento do corpo dos dois animais pode variar desde 1 metro e meio até 6 metros. Mesmo habitando o mesmo tipo de ambiente, os pântanos, os dois animais não convivem. No Brasil há apenas jacaré.

JUMENTO X MULA
A existência de um depende do outro: jumentos (ou asnos, ou jegues) são parentes menores e mais resistentes dos cavalos, muito adaptados a transportar carga. Já as mulas são resultado do cruzamento entre uma égua e um jumento. São maiores (graças ao DNA de cavalo), mas têm a resistência jumestística. O tamanho das orelhas e dos pelos dos jumentos também é maior. 

FOCA X LEÃO MARINHO
A diferença mais fácil de detectar são as orelhas: os leões marinhos têm um para de pequeninas orelhas, ao passo que as focas não as apresentam, tendo apenas fendas auditivas. A locomoção é outro ponto que diferencia os dois animais. Enquanto as focas usam as barbatanas posteriores para nadar e se locomovem em terra rastejando, os leões marinhos utilizam as barbatanas peitorais para nadar e também se apoiam sobre elas para andar em terra.

LEOPARDO X GUEPARDO
O leopardo é mais musculoso que o guepardo, felino também chamado de chita. O leopardo consegue subir em árvores, enquanto as presas do guepardo não ficam sempre expostas, o que dá mais tração ao animal na hora de correr - o bicho atinge até 110 km/h em 3 segundos, o dobro do que consegue um leopardo.

RÃ X SAPO
A Rã mora principalmente em lagoas, pode ter o tamanho de 9,8 milímetros a 30 centímetros. Ela tem a pele lisa e brilhante. Suas pernas são longas e correspondem a mais da metade do tamanho do animal. As patas traseiras podem ser dotadas de membranas que ajudam a rã a nadar. Já o Sapo prefere viver em terra firme, pode ter o tamanho de 2 a 25 centímetros. Tem aparência estranha, pele rugosa e cheia de verrugas. Suas pernas curtas fazem com que dê pulos limitados e desajeitados. 

SALAMANDRA X LAGARTO
Para começar, a salamandra é um anfíbio e requer condições de umidade enquanto o lagarto é réptil adequado para climas mais quentes e pode ser quase independente da água e viver no deserto.. A maioria das salamandras tem o tamanho de lagartos, mas algumas podem ter mais de um metro de comprimento. Na Salamandra a pele é lisa, úmida e sem escamas, os dedos são grossos, que têm uma capacidade limitada para regenerar quando cortada. Lagartos tem a pele seca e escamosa, muito parecido com uma cobra. As espigas são mais longos e pode ser usado para escalar.
Postar um comentário