Pesquisar no blog

sexta-feira, 8 de junho de 2012

LIVRO NEGRO - ESCORPIÃO


O escorpião, também conhecido por lacrau ou alacrau, é um animal invertebrado artrópode (com patas formadas por vários segmentos) que pertence à ordem Scorpiones estando enquadrado na classe dos aracnídeos.








Scorpiones é a ordem de artrópodes arácnidos terrestres que reúne cerca de 2.000 espécies de escorpiões que apresentam comprimento de 10 a 12 cm, corpo alongado e quelíceras com três artículos. São animais geralmente discretos e noturnos, escondendo-se durante o dia sob troncos e cascas de árvores.

Alimentação
Os escorpiões são predadores de insetos, como baratas, grilos, cupins, etc. Alimentam-se também de aranhas e de outros escorpiões. O escorpião segura a presa com a pinça dos palpos, curva para frente o metassoma e injeta o veneno com o ferrão, paralisando a presa quase imediatamente.
Escorpiões costumam comer muito de cada vez, ingerindo o alimento lentamente, e depois são capazes de ficar sem comer por muitos dias, até por mais de um mês. Trituram fragmentos de alimento, umedecendo-os na boca (o que propicia já a digestão), sugando-os depois e eliminando os restos, como pequenas bolas de detritos.


Reprodução
Os escorpiões não põem ovos. São vivíparos e seus filhotes nascem por meio de parto, após uma gestação longa. A gestação dura de 2 meses e meio a 3 meses. Algumas espécies, inclusive T. Bahiensis, podem gerar mais de uma ninhada a partir do mesmo acasalamento, decorrendo vários meses entre dois partos consecutivos. Entre estes escorpiões, cada ninhada pode ter mais de 20 filhotes, mas outras espécies podem produzir até 90 ou mais filhotes!
Enquanto se verifica o crescimento e até atingir a maturidade sexual, os escorpiões sofrem ecdises, ou seja, trocam periodicamente de cutícula. Ao chegar à ocasião da ecdise, a cutícula antiga parte-se horizontalmente acima das quelíceras. Pela fenda aberta, sai o corpo do escorpião, revestido pela nova e ainda tenra cutícula. A cutícula velha costuma sair inteira, conservando a forma do escorpião.

Predadores naturais
Várias espécies de aranhas, lagartos, louva-a-deus, corujas, seriemas, macacos e pássaros estão incluídos entre os "inimigos" dos escorpiões. Galinhas e sapos também comem escorpiões. Sendo os sapos e os escorpiões ambos de hábitos noturnos, as probabilidades de encontro são grandes e cada sapo pode comer vários escorpiões em seguida. As galinhas, porém, por serem diurnas, encontram os escorpiões eventualmente, quando ciscam os terrenos. 

O suicídio do escorpião, na verdade é falso, pois o que ocorre é que quando é posto fogo em sua volta, ele apenas tenta se proteger e fugir tenta picar na verdade o que está pondo em risco sua vida. Em testes realizados com escorpiões, é quase que impossível seu ferrão penetrar a carapaça quitinosa, e o veneno injetado no próprio escorpião também não faz efeito algum. A verdade é que ele não comete o suicídio.
A cauda do escorpião não é uma cauda verdadeira, pois perto do seu ferrão, fica o ânus.

FONTE: wikipedia/ curiosidades net

Nenhum comentário: