Pesquisar no blog

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

OS LAGOS ESTÃO SUFOCADOS



O AQUECIMENTO GLOBAL E DEJETO IRREGULAR DE ESGOTO TÊM ALTERADO A ESTRUTURA LACUSTRE. OS LAGOS SÃO MAIS SENSÍVEIS A MUDANÇA CLIMÁTICA.





Os oceanos e os rios não são as únicas massas de água do planeta que pagam a conta das mudanças climáticas. Cada vez mais, lagos e lagoas, seja eles naturais ou artificiais, estão sendo sufocados pelo excesso de toxina proveniente de alguns tipos de algas. Um problema ligado à poluição e  ao aumento da temperatura.
Em consequência do grande volume de dejetos constantes despejado, há também o excesso de nutrientes acumulados na água o que favorece a proliferação de algas e cianobactérias (*). As toxinas desses organismos afetam o ecossistema, matando peixes e alterando a estrutura do corpo d’água. As algas consomem oxigênio e fósforo em excesso, enquanto as cianobactérias produzem as toxinas letais para a população lacustre. Se a água contaminada for consumida pelo homem pode trazer sérios problemas a saúde.

CONSEQUÊNCIAS DA EUTROFIZAÇÃO NA LAGOA DA PAMPULHA 
As colônias de algas que se encontram a maior profundidade deixam de receber luz e não realizarão a fotossíntese, acabando por morrer e entrar em decomposição, enquanto as algas das camadas superiores continuarão a receber luz e a produzir oxigênio. Com a decomposição das algas, haverá liberação de gases como o metano, criando condições favoráveis para o aparecimento de outras algas que conseguem se reproduzir neste ambiente, como é o caso da cianofícea, mais conhecidas por algas azuis. Também o arrastamento de detritos físicos para as margens da lagoa, pedras, dejetos, areia e outros, faz diminuir o volume de água. E com menos água, aumenta a concentração do "caldo de nutriente", acelerando a eutrofização(**), que tende a transformar os lagos e lagoas em autênticos pântanos.

Para saber mais sobre a lagoa da Pampulha CLIQUE AQUI



(*) As cianobactérias são microrganismos presentes em ambientes aquáticos e vêm sendo cada vez mais pesquisadas devido a sua capacidade de produção de toxinas, em alguns casos, altamente prejudiciais à saúde humana e animal. Essas toxinas, denominadas cianotoxinas, são responsáveis por alterações organolépticas das águas e têm sido causadoras de graves intoxicações pela ingestão e contato com corpos d’água contaminados.

(**) A eutrofização é um processo pelo qual as águas de um rio ou lago enriquecem em nutrientes, minerais e orgânicos,originando um excesso de vida vegetal que dificulta e aniquila a vida animal porfalta de oxigênio.
Postar um comentário