Pesquisar no blog

domingo, 30 de julho de 2017

PESADELO VOADOR

Este inseto é um avião de guerra biológico que só pensa em promover o ódio e discórdia, e semear o terror por todos os lugares onde passa. Elas podem voar cerca de 100km por dia em velocidades de até 40km/h. Se você tiver o azar de bater de frente com esse bichão, vai ter que correr mais rápido que Usain Bolt.




Não é nenhum segredo que a Terra tem muitos problemas e, se você vive por aqui, sabe muito bem que estou falando. A Vespa Mandarina é um desses problemas. É a maior vespa encontrada no mundo, essa criaturinha assustadora habita lugares tropicais e é nativa da Ásia oriental. Ela é um daqueles insetos que se você encontrar é melhor não se arriscar e sair rapidamente de perto. Acha que estou exagerando? Vou enumerar algumas das suas características:
  • Ela é do tamanho de um polegar de um adulto(3 vezes maior que as abelhas que encontramos em ambientes urbanos).
  • Ela quando ataca libera um ácido, esse ácido contém feromônios que atraem suas companheiras e elas vão a seu encontro(vai tentar mata-lá?).
  • Esse ácido ainda tem a propriedade de corroer carne.
  • Elas conseguem chegar a 95km/h.
  • E aí, continua achando exagero?
Mas calma, ela não sai por aí atacando pessoas, não precisa se esconder. Sua alimentação é feita de larvas de abelhas, de louva deuses, vespas de outras espécies e outros insetos menores.
Essas vespas assassinas não são qualquer inseto encontrado por aí. As Vespa Mandarina, ou “vespas asiáticas gigantes” são as maiores encontradas no mundo. Em média, elas chegam a 8 centímetros de comprimento, o que é pequeno em comparação a um carro, mas ASSUSTADORAMENTE ENORMES quando você considera que é uma vespa com o tamanho de uma almôndega. Se você não quiser dormir nunca mais, preste atenção nesta imagem de quatro vespas rainhas mortas – elas são ainda maiores do que as operárias e machos. Quanto mais você corre, mais elas te perseguem.


É uma caçadora implacável que se alimenta de outros grandes insetos, tais como abelhas, outras vespas e mantis religiosas (louva-a-deus). Atacam frequentemente colmeias de abelhas do tipo européia Apis mellifera, com o objetivo de obter as larvas. Uma única vespa ao se aproximar cautelosamente do ninho, libera um feromônio que conduzirá as outras vespas até a colmeia. As vespas mandarinas podem devastar completamente uma colônia de abelhas : um único zangão pode matar 40 abelhas graças as suas grandes mandíbulas que podem rapidamente golpear e decapitar uma abelha. Elas demoram apenas algumas horas para eliminar a população de uma colmeia de 30.000 membros. Depois do massacre, as vespas se alimentam das larvas e do mel das abelhas. 


Porém existe uma subespécie de abelhas, nativa do arquipélago japonês que tem uma estratégia eficaz contra os ataques. Trata-se da Apis cerana niponica que, ao primeiro sinal da presença inimiga, o enxame todo se arma em um contra-ataque às investidas da primeira vespa batedora que libera o feromônio de ataque para as outras invasoras chegarem, e desse modo atraindo-a mais e mais para perto do enxame com um outro feromônio atrativo de "boas vindas" e gradativamente elas se atracam em dezenas contra a invasora, sufocando a vespa pelo fato da temperatura corporal exceder os 50° C que a mesma comporta, matando-a. Essa vespa que as abelhas mataram, é a “vespa x9”. Ela é a encarregada de achar alvos e liberar os feromônios de ataque(parece Pokemon) para as outras vespas atacarem a colmeia ou algum alvo aleatório. É um grande exemplo de adaptação evolutiva ao meio.





Referência
http://gizmodo.uol.com.br/vespas-gigantes-china/
http://um-apicultor-aprendiz.webnode.pt/news/a-vespa-gigante-asiatica-ou-vespa-mandarina/
http://bichosnafloresta.blogspot.com.br/2011/12/vespa-mandarina-ou-vespa-gigante.html
http://bichosnafloresta.blogspot.com.br/2011/12/vespa-mandarina-ou-vespa-gigante.html
Postar um comentário