Pesquisar no blog

quinta-feira, 27 de julho de 2017

COMO A ENERGIA É CONDUZIDA PELO FIO ELÉTRICO?


Como o fio elétrico conduz a energia?
A eletricidade passa tanto por dentro quanto por fora do fio.  Condutores, no contexto da física e da Engenharia Elétrica, são materiais nos quais as cargas elétricas se deslocam de maneira relativamente livre. Quando tais materiais são carregados em alguma região pequena, a carga distribui-se prontamente sobre toda a superfície do material. A geração de eletricidade é o primeiro processo na entrega da eletricidade aos consumidores. Outros três processos são transmissão, distribuição e a venda de eletricidade. 



GERAÇÃO DE ELETRICIDADE
A importância da geração, da transmissão e da distribuição seguras de eletricidade ganhou destaque quando se tornou aparente que a eletricidade era útil para fornecer o calor, a luz e a energia em geral para as atividades humanas. A geração de energia descentralizada tornou-se altamente atrativa quando se reconheceu que as linhas de energia elétrica em corrente alternada podiam transportar a eletricidade com baixos custos por grandes distâncias . O sistema de energia elétrica foi concebido com a finalidade de alimentar as tecnologias humanas. As primeiras centrais geradoras de energia utilizavam madeira como combustível, hoje são utilizados principalmente o petróleo, o gás natural, o carvão, o potencial hidroelétrico e nuclear, ainda em pequena escala, o hidrogênio, a energia solar e a energia eólica.

COMO A ENERGIA É CONDUZIDA POR FIOS
É que os cabos são compostos por materiais que conduzem corrente elétrica com facilidade. Exemplos são o cobre (estão nos fios da nossa casa) e o alumínio (nos fios das linhas de transmissão de alta tensão, que vemos em torres). Ambos os materiais possuem elétrons que podem se movimentar com facilidade pelos fios. Esses elétrons em movimento criam a corrente elétrica, levando energia de um lado para o outro. Eles transportam a eletricidade em todo o seu processo, desde a usina, passando por algumas subestações, até chegar ao nosso lar.
A eletricidade que utilizamos em nossas casas é composta por uma onda eletromagnética que se propaga tanto por dentro quanto por fora de seu condutor. Quando ligamos um fio metálico na tomada, os elétrons deste material começam a oscilar, cada um deles transmitindo seu movimento ao vizinho. Esse vaivém forma a onda que transporta metade da energia sob a forma de uma corrente elétrica. A outra metade é transmitida pelo campo magnético criado ao redor do fio: ele acompanha a onda e se reveza com ela para conduzir a força. A energia para consumo doméstico oscila 60 vezes por segundo entre o campo magnético externo e a corrente elétrica interna. Em cabos de alta tensão essa força externa pode atingir um raio de centenas de metros e ser forte o suficiente para acender uma lâmpada fluorescente sem precisar ligá-la na tomada. Acredite: você aponta os fios de uma luminária para o cabo e ela acende sozinha. Isso acontece porque seu magnetismo ioniza – ou seja, altera a carga elétrica – as moléculas de gás que estão dentro da lâmpada. O resultado desse processo é que as moléculas emitem luz. A longo prazo, esse campo magnético externo também pode agir sobre o corpo humano e até provocar câncer. Por isso, não se deve construir casas embaixo de fios de alta tensão.
O consumo de energia elétrica depende da potência do aparelho utilizado e do tempo de utilização. Os aparelhos elétricos possuem diferentes potências, consumindo mais ou menos energia. Essa potência é expressa em watts (W) e deverá estar mencionada na placa de identificação afixada no próprio aparelho. É o medidor de energia elétrica (relógio de luz) que registra o consumo de eletricidade




Referência
http://recreio.uol.com.br/noticias/curiosidades/como-a-eletricidade-percorre-os-fios.phtml#.WRj1hJLyvIW
http://super.abril.com.br/tecnologia/como-o-fio-eletrico-conduz-a-energia/
http://www.guiafloripa.com.br/sites/energia/trivia/como_produz_energia.php
https://pt.wikipedia.org/wiki/Gera%C3%A7%C3%A3o_de_eletricidade 
Postar um comentário