Pesquisar no blog

terça-feira, 20 de setembro de 2016

HARRY POTTER E SUA LIGAÇÃO COM O FOLCLORE/MITOLOGIA

A série abrange o mundo nerd/geek, como fantasia, magia, heróis e monstros. Com elementos de mistério, suspense, aventura e romance, sendo que a história tem muitos significados e referências culturais. De acordo com Rowling, o tema principal é a morte. Há também muitas outras temáticas na série, como preconceito e corrupção.


O que se trata a saga Harry Potter ? 
Harry Potter é uma série de sete romances de alta fantasia escrita pela autora J. K. Rowling. A série narra as aventuras de um jovem bruxo, Harry James Potter, o personagem principal, e seus amigos Ronald Weasley e Hermione Granger, os quais são alunos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. O arco de história principal diz respeito a busca de Harry para superar o bruxo das trevas Lord Voldemort, que pretende tornar-se imortal, conquistar o mundo dos bruxos, subjugar as pessoas não-mágicas e destruir todos aqueles que estão em seu caminho, especialmente Harry Potter. 

Harry Potter e sua ligação com o Folclore 

Durante o período escolar, sempre festejamos o folclore nacional e estudamos suas mais diversas peças e concepções, para relembrá-los como um traço importantíssimo da cultura brasileira. Ao redor do mundo, cada sociedade possui o seu próprio folclore conforme cada cultura.
A autora J.K. Rowling criou um mundo fantástico completo com locais, história e variações culturais. Ela deu aos seus personagens questionamentos com os quais as pessoas, hoje em dia, lidam. Ela até mesmo criou lendas e mitos e fez os personagens interagirem com eles. O mais interessante é que a autora coloca os personagens para lidar com descobertas sobre artefatos mágicos antigos e descobrir velhas lendas, ao invés de colocá-los a par dos eventos históricos da magia. Sendo assim, os leitores ficam sabendo mais sobre o folclore presente na serie do que sobre a história da magia.
Uma das razões para Rowling fazer isso se deve ao fato de que os mitos, em essência, são verdades universais. Pois mitos e folclore são histórias figuradas sobre como as pessoas de diferentes culturas lidam com certas questões universais da vida; todas as culturas têm seu folclore e é através de sua influência que a sociedade molda sua visão de mundo e entende sua tradição cultural.
Um exemplo de que a autora enfatiza a moral encontrada nos seus contos de fadas é como ela escreveu os contos de Beedle, o bardo: ao invés de simplesmente fazer uma coleção de contos de fadas para mera apreciação, ela inclui notas e análises feitas pelo seu personagem mais sábio, Dumbledore. Assim, ela mostra que prefere explorar o valor dos contos de fadas mais do que das próprias histórias em si.
Ao fazer um paralelo entre as histórias britânica e bruxa, percebe-se o pouco esforço da autora em fazer seus personagens gostarem de história da magia. Rony odeia essa matéria, mas conhece e gosta dos contos narrados no livro Contos de Beedle, o bardo. Como exemplificado em Relíquias da Morte, Rowling muitas vezes usa o folclore para guiar seus personagens (o conto dos três irmãos é a chave para o sucesso/ derrota, dependendo da escolha, de Harry).  Outro fato que merece nota: Rowling toma uma licença artística de si própria e transforma mitos bruxos em histórias bruxas reais. A Câmara Secreta é só uma lenda, que se transforma em realidade a partir do momento em que ela a posiciona em um local (o tempo/espaço é importante). Assim como as Relíquias da Morte finalmente se tornam palpáveis e reais, objetos vitais para destruir Voldemort. Através disso, vemos a importância de perceber as mensagens que a série quer repassar aos leitores: os contos de fadas e mitos são a base do que o passado tem para oferecer ao presente. 

Em qual mitologia Harry Potter foi inspirada ?
Na serie há um há um mix de lendas celtas, chinesas, irlandesas, gaulesas, egípcias, indianas e escandinavas. Ma sem duvida a principal influencia na obra da escritora é a mitologia greco-romana. Heróis, monstros e animais disformes presentes nessa mitologia inspiram nomes de personagens e muitas situações vividas por Harry e seus amigos no decorrer da série. Abaixo  alguns personagens inspirados:

ARGUS
NA SÉRIE: O nome do zelador de Hogwarts é Argus Filch. Ele é temido por Harry e todos os alunos, pois parece ver tudo o que acontece na escola de magia.
NA MITOLOGIA: O nome do zelador foi inspirado em Argus, um monstro da mitologia greco-romana que tinha 100 olhos. 
CENTAURO
NA SÉRIE: Esses seres com corpo de cavalo, mas cabeça e braços humanos são tranquilos habitantes da Floresta Proibida, que cerca Hogwarts.
NA MITOLOGIA: Ao contrário da calma exibida pelos personagens de J.K. Rowling, os centauros nas lendas da Antiguidade tinham fama de desordeiros, pois adoravam bebida e guerra.
ESFINGE DE TEBAS
NA SÉRIE: Em O Cálice de Fogo, quarto livro da saga, Harry encontra uma estranha criatura com corpo de leão e busto e cabeça de mulher que lhe faz uma pergunta enigmática no final de uma competição de magia.
NA MITOLOGIA: A esfinge era um monstro com essas mesmas características físicas que guardava a entrada da cidade grega de Tebas. A todos que passavam por lá, ela propunha um enigma. Quem errasse a resposta era engolido pela fera. Só Édipo, filho renegado de um antigo rei de Tebas, foi capaz de acertar a charada mortal, levando a esfinge vencida a se jogar de um precipício.
SIBILAS
NA SÉRIE: Ela é professora de adivinhação em Hogwarts, a escola de magia, mas raramente acerta uma profecia. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, porém, Sibila faz uma importante previsão macabra sobre o encontro de Harry com o vilão Voldemort.
NA MITOLOGIA: O nome da professora é inspirado nas sibilas. Ao contrário da senhora Trelawney, elas eram mulheres com grande poder de prever o futuro. Geralmente, as adivinhações envolviam catástrofes.
CASSANDRA
NA SÉRIE: Uma mulher chamada Cassandra Vablatsky escreveu uma previsão do futuro, uma espécie de cartilha de magia, um livro de adivinhações usado pelos aprendizes que estudam em Hogwarts.
NA MITOLOGIA: Cassandra era uma mulher que despertou o interesse de Apolo, o deus das profecias. Atraído por ela, Apolo lhe deu o dom de prever o futuro, mas, como o amor não foi correspondido, o deus resolveu depois amaldiçoá-la: ninguém acreditaria no que ela dissesse. Cassandra profetizou sua própria morte, mas não foi escutada.
CÉRBERO
NA SÉRIE: Um assustador animal de três cabeças, o cão Fofo tem a missão de guardar a Pedra Filosofal no primeiro livro das aventuras do bruxinho. Ele é mascote de Hagrid, espécie de tutor de Harry Potter, que comprou Fofo de um grego, uma engraçada pista de J.K. Rowling sobre a inspiração para criar o animal.
NA MITOLOGIA: Fofo é uma versão mágica do monstrengo Cérbero, cão de três cabeças que na mitologia grega guardava a entrada do reino subterrâneo do Deus Hades, para onde iam os mortos. Como Fofo, ele só sossega com música, o que pode ser uma referência à outra lenda grega – Orfeu (músico lendário) tocou sua lira e fez Cérbero dormir para resgatar sua amada das mãos de Hades.

Harry Potter e sua ligação com o  Mundo Vegetal 
 
As plantas são muito importantes no mundo bruxo, abaixo são listadas algumas das espécies vegetais do mundo real, retratadas de formas fantásticas no mundo Harry.
  • Abóbora - Hagrid mantém uma horta de abóboras perto de sua cabana, para usá-las por exemplo nas festas de Halloween da escola. Embora elas não sejam mágicas, Hagrid da uma "ajudinha" para ficarem rapidamente no tamanho certo.
  • Acônito - Planta extremamente venenosa. Da família dos acônitos temos duas espécies que se destacam nos livros e são úteis em poções: Acônito Lapelo e Acônito Licoctono.
  • Alfeneiro - É uma espécie de arbusto de origem europeia que mede de 1 a 3 metros, com ramos flexíveis, folhas opostas e inteiras, flores brancas e cheirosas. Por ser uma planta trepadeira, ela fica presa sobre as cercas de algumas ruas, como a rua dos Alfeneiros localizada no Reino Unido.
  • Ameixeira - Uma espécie de planta característica na produção de varinhas. A varinha de ameixeira-brava pertenceu a um membro de uma gangue de sequestradores e foi roubada por Rony, dando mais tarde sua posse a Harry.
  • Artemísia - Esta planta é geralmente queimada por centauros para a observação de resultados na fumaça acre, como certas formas e símbolos.Os quinto-anistas tiveram essa experiência de queima em sua primeira aula com Firenze.
  • Azevinho - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.Até agora temos conhecimento de que a varinha de Harry é a única produzida a partir do azevinho.
  • Beladona - Esta planta venenosa é usada na produção da essência de beladona.
  • Carvalho - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.A varinha de Hagrid foi produzida a partir desta espécie. Também é considerado o "rei da floresta", de acordo com o conhecimento britânico e um símbolo da força.
  • Castanheira - Uma espécie de planta característica na produção de varinhas. Material usado na confecção da varinha de Rabicho
  • Cerejeira - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.A avó de Neville comprou uma nova varinha de cerejeira para ele, substituindo a destruída durante a batalha no Departamento de Mistérios no quinto ano.
  • Ébano - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.
  • Figueiras cáusticas da Abissínia - Não cita para que serve, mas provavelmente depois de podadas são úteis na produção de poções. Provavelmente nativas da Abissínia.
  • Freixo - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.A varinha de Cedrico foi produzida a partir desta espécie.
  • Gerânio dentado - Esta planta deu uma pequena mordida em Harry nos seus N.O.M.s (Níveis Ordinários de Magia) de Herbologia.
  • Losna - A infusão desta planta, a losna, é usada na Poção do Morto-Vivo. Apareceu na primeira pergunta de Snape para Harry em Poções. Ela também é um símbolo tradicional da amargura.
  • Jacarandá - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas. A varinha de Fleur foi produzida a partir desta espécie.
  • Malva - Esta planta é geralmente queimada por centauros para a observação de resultados na fumaça acre, como certas formas e símbolos.Os quinto-anistas tiveram essa experiência de queima em sua primeira aula com Firenze.
  • Mandrágora - Uma planta semelhante a um bebezinho verde, um tônico reconstituinte muito forte, sendo parte essencial de alguns antídotos. Porém, o seu grito é fatal para quem o ouve.É da mandrágora que são feitos os remédios para reverter o estado de quem está petrificado.
  • Menta - Usada por Harry junto com o Elixir para induzir euforia no sexto ano, afim de suavizar seus posteriores efeitos colaterais. A menta realmente possui propriedades curativas. Pois destrói as bolhas de gases que podem desencadear processos dolorosos.
  • Mogno - Uma espécie de árvore característica na produção de varinha. A primeira varinha do pai de Harry, Tiago Potter, foi feita a partir desta espécie, que de acordo com o Sr. Olivaras é excelente para transfigurações, o que deveria ter contribuído quando ele era animago.
  • Narciso - A professora Sprout tem alguns que grasnam, mas Lilá Brown, prefere os mais bonitos.
  • Nogueira - Uma espécie de planta característica na produção de varinhas. Material usado na confecção da varinha de Belatriz Lestrange.
  • Olmo - É uma espécie de planta característica na produção de varinhas. Até agora temos conhecimento de que a varinha de Lúcio Malfoy é a única produzida a partir do olmo.
  • Pinhão - O pinhão descascado é usado como ingrediente na Solução Redutora.
  • Gengibre - Raízes de gengibre são usadas na Poção da Sagacidade.
  • Valeriana - A raíz de valeriana é usada na Poção do Morto-Vivo. 
  • Cuieira - Raiz-de-cuia . Planta parecida com uma cebola verde. Hermione oferece a Rony e diz ser "excelente para se proteger das Dilátex Vorazes".
  • Margarida - Raízes de margarida cortadas são usadas na Solução Redutora.
  • Repolhos - Hagrid mantém uma horta de repolhos em Hogwarts, provavelmente para a cozinha do castelo. De acordo com Hagrid, as lesmas carnívoras estavam acabando com eles, então fora a Travessa do Tranco comprar repelente contra lesmas carnívoras.
  • Sabugueiro - Uma espécie de planta característica na produção de varinhas. Material usado na confecção da Varinha das Varinhas.
  • Salgueiro - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.A primeira varinha da mãe de Harry, Lílian Potter, foi feita a partir dessa espécie. Considerada também uma boa varinha para encantamentos. O Salgueiro Lutador é uma árvore grande e bastante violenta, plantada no jardim de Hogwarts. Quando algo se aproxima dela, a defesa da árvore é bater no objeto ou pessoa até destruí-lo ou tirá-lo de perto. Ela foi plantada para que escondesse a passagem secreta para a Casa dos Gritos, onde Lupin passava o tempo quando estava transformado em lobisomem. Ela possui um botão para impedir que os galhos o golpeassem quando ele entrava na passagem, também utilizado pelos Marotos quando transformados em animagos para fazer companhia a Lupin.No segundo ano em Hogwarts, Harry e Rony estavam no Ford Anglia, que se chocou com a árvore e foi violentamente golpeado. Já durante o terceiro ano, a Nimbus 2000 de Harry vôou para lá e foi totalmente destruída.
  • Romã - O suco de romã é usado na Solução para Fortalecer.
  • Teixo - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.
  • A varinha de Voldemort foi produzida a partir desta espécie, pois ele tem uma incrível longevidade (existem teixos britânicos com mais de 200 anos) e pode simbolizar tanto a morte quanto ressurreição; sua seiva também é venenosa.
  • Urtiga - Urtigas secas passadas por pesagem são usadas na Poção Simples para cura de furúnculos.
  • Vagem - A vagem soporífera é usada na Poção do Morto-Vivo.
  • Videira - Uma espécie de árvore característica na produção de varinhas.A varinha de Hermione foi produzida a partir desta espécie, pois é uma madeira associada com seu aniversário e os conhecimentos célticos.
Texto: Maria Clara Drummond



Postar um comentário