Pesquisar no blog

domingo, 10 de maio de 2015

COGUMELOS BIZARROS



BAZINGA! Cogumelos são os corpos de frutificação de certos fungos, sendo que alguns deles podem ser comestíveis e utilizados nos restaurantes de alta gastronomia, enquanto outros são extremamente tóxicos. Existem cerca de 1,5 milhão de espécies de fungos em nosso planeta.



 Destes, apenas uma parcela desenvolve as belas estruturas que conhecemos como cogumelos. Eles se proliferam nas mais variadas cores e ambientes. Seus inusitados formatos escondem diferentes habilidades – uns brilham no escuro, outros causam alucinações. Os tóxicos podem levar à morte, já as variedades comestíveis chegam a valer 100 mil dólares por quilo. Muitos desses cogumelos têm uma aparência um tanto bizarra e se destacam por essa característica, que os torna únicos e incrivelmente fascinantes. Estes organismos fazem reprodução sexuada pela junção de hifas. São seres vivos que contém uma ampla variedade de formas, cores e tamanhos.

Cogumelo cérebro
O Gyromitra esculenta é caracterizada pelo seu corpo marrom-avermelhado que lembra o cérebro humano. Ele é encontrado na Europa e na América do Norte, podendo alcançar 10 centímetros de altura e 15 de largura. Esse fungo é venenoso e pode ser fatal se consumido cru. No entanto, na Escandinávia, ele é um conhecido petisco, pois, quando cozido corretamente pode ser ingerido sem dano à saúde e tem um bom sabor. 


Cogumelo Dente Barbudo
Conhecido como o cogumelo “dente barbudo” ou “juba de leão”, o erinaceus Hericium é um fungo comestível e medicinal. Esta espécie é normalmente encontrada brotando em árvores recém-cortadas na América do Norte, Ásia e Europa. Entre os benefícios estudados que esse cogumelo traz à saúde, estão a proteção do sistema nervoso e aumento da função imunológica. As vantagens de seu consumo são tantas, que é possível encontrar em alguns países o seu extrato em comprimidos.


Cogumelo do Mario Bros
Esse cogumelo bonitinho, vermelhinho e com pintas esbranquiçadas é um velho conhecido de muitas crianças e adultos. Geralmente é o mais utilizado como modelo principal para os cogumelos de desenhos animados, ilustrações de livros e jogos (como o do Mario).Porém, o Amanita muscaria não é nada inofensivo, e sim tóxico, possuindo propriedades psicoativas e alucinógenas nos seres humanos. Apesar disso, o relato de mortes pelo seu uso é raro.



Cogumelo Colmeia
Apesar de sua aparência esquisita, o Morchella esculenta é um dos cogumelos mais desejados do mundo para gastronomia, principalmente a francesa, e não devem ser comidos crus. Ele é caracterizado pela parte superior do corpo frutífero em forma de colmeia com poços profundos e coloração castanha. Os chefs e gourmands têm dificuldade de encontrar esses saborosos cogumelos comercialmente, o que contribui para seu preço ser extremamente alto em muitas partes do mundo. Em termos de valor culinário, os cogumelos do tipo Morchella esculenta só perdem para as trufas (tipo de fungo da família Tuberaceae).

Cogumelo “Sangrento”
Enquanto esse cogumelo parece “sangrar” em alguns pontos da sua estrutura, conferindo um visual meio assustador, por outro lado ele também pode ser enxergado como algo mais agradável, como uma bola de sorvete com gotas de calda de morango por cima. Qual você escolheria? O fato é que o Hydnellum pecki não é comestível, sendo encontrado em várias partes do mundo. Ele é conhecido como “cogumelo sangrento”, pois expele uma seiva brilhante com pigmento avermelhado que contém propriedades anticoagulantes.

Cogumelo Smurf
O cogumelo Lactarius indigo recebe esse nome porque expele um líquido leitoso azul quando cortado com uma faca. Este cogumelo bizarro cresce na América do Norte e Central, sendo geralmente caracterizado pela sua coloração azul-prateada. Apesar de esta espécie ser comestível, ela não é muito utilizada, pois apresenta textura muito granulosa e sabor amargo.


Cogumelo Coprino Barbudo
Conhecida também como “juba desgrenhada”, o cogumelo Coprinus comatus (ou Coprino Barbudo) é comestível e até bastante comum. Diferente da maioria das outras espécies de cogumelos, este esquisitão se dissolve dentro de poucas horas de armazenamento. Por isso, este cogumelo deve ser consumido logo após a colheita.




Cogumelo que brilha
Existem dezenas de cogumelos que brilham no escuro, entre eles o Mycena chlorophos . A função da luz verde dos fungos bioluminescentes gera debate. A característica poderia estar associada à dispersão de esporos, que por vezes dependem do esbarrar de animais para serem liberados no ar e atuar na reprodução destes cogumelos.

 

Cogumelo Véu-de-noiva
O Phallus indusiatus chega a 25 centímetros de comprimento. Sua estrutura mais característica, que lembra uma rede, surge do topo e cresce ao redor do cogumelo já erguido no chão. Espécies similares são a P. cinnabarinus e a P. multicolor, que exibem véus vermelho e amarelo, respectivamente.

 
Cogumelo Coral
Parece uma fotografia feita debaixo d’água, mas o Clavaria zollingeri é um cogumelo que cresce na terra. Violeta e de ramificações que lembram um coral, este curioso fungo chega a 10 centímetros de altura. Uma espécie parecida é a Clavulina amethystina.



Cogumelo Flor-rosa
Encontrar um Rhodotus palmatus com um emaranhado de veias rosadas em seu píleo (o “chapéu” dos cogumelos) não é tarefa simples. Nem todos os fungos da espécie desenvolvem tal característica, alguns têm o topo gelatinoso e liso e intrigam micologistas. 




Cogumelo Ametista
Apesar de não ser tóxico e classificar-se como comestível, o fungo Laccaria amethystina pode acumular substâncias encontradas em solo contaminado, do qual se alimenta. Entre elas está o arsênico, que é prejudicial à saúde humana.








Cogumelo Estrela 
Descrito no século 19, o fungo Aseroe rubra é endêmico da Austrália e já foi comparado a estrelas-do-mar, anêmonas e até mesmo ao estranho focinho da topeira Condylura cristata.







Cogumelo Boneco
Geastrum britannicum, o fungo foi descoberto em 2000 no Reino Unido . Com sua forma peculiar e um tanto humana, é de se esperar que nunca tenha sido notado. O cogumelo não é comestível (ainda bem, já pensou se ele grita ao ser posto na frigideira?). E ele nem sempre tem forma humana: às vezes a aparência pode ser um pouco mais alienígen.


 referências
http://www.megacurioso.com.br/ fenfungi.com/ national geografic brasil/ imagens - google

Um comentário:

uz45 disse...

por isto supermario é doidao