Pesquisar no blog

terça-feira, 22 de setembro de 2015

JOÃO-DE-BARRO



Quem nunca se encantou com aquelas casinhas do João de Barro? 
Esse pássaro habilidoso possui diversas peculiaridades.
Será verdade que o João de Barro prende a parceira piriguete dentro da casa quando está com ciúmes, ou foi traído?







JOÃO-DE-BARRO (Furnarius rufus). Seu nome significa: (ave vermelha construtora de fornos.) 

Juntos, o casal constrói um ninho interessante, em formato de forno de barro, o qual pode ser facilmente identificado no alto de árvores e postes em regiões campestres. No interior do ninho há uma parede que separa a entrada e a câmara incubadora, construída para diminuir as correntes de ar e o acesso de possíveis predadores. Na construção utiliza-se como matéria-prima o barro úmido, esterco e palha, cujas proporções dependem do tipo de solo (se arenoso, a quantidade de esterco chega a ser maior do que a de terra). O casal chega a fazer centenas de viagens no transporte do material. O ninho (casinha) tem formato esférico e normalmente 30 centímetros de diâmetro. As paredes tem 5 centímetros de espessura e exigem grande esforço do casal: eles amassam as porções de barro com os bicos e os pés, criando uma massa homogênea e pegajosa que ajuda na construção.  A construção do ninho demora entre 18 dias e 1 mês, dependendo da existência de chuvas e, portanto, de barro em abundância.  Não utiliza o mesmo ninho por duas estações seguidas, parecendo realizar um rodízio entre dois a três ninhos, reparando ninhos velhos semidestruídos. Quando não há mais espaço para a construção de novos ninhos, o pássaro o constrói em cima ou ao lado do velho. O cômodo mais interno, geralmente é forrado com penas, pelos e musgo, serve para a postura de ovos e acomodação dos filhotes. A porta de entrada é sempre estrategicamente posicionada na direção contrária à chuva e ao vento.


Mesmo sendo um arquiteto muito habilidoso, as histórias que cercam esta ave não é muito amigável. Dizem que o macho é extremamente ciumento e vingativo. Os machos amam para a vida toda, mas as fêmeas são “vulneráveis” e se encantam facilmente por outros machos. Se ele desconfia que está sendo traído, toma uma atitude radical: prende a companheira no ninho, tapando a porta, e deixa a coitada morrer lá dentro em uma atitude vingativa e ciumenta.
Embora esse comportamento nunca tenha sido cientificamente comprovado, essa má fama corre o mundo!  No campo Já deparei com casinhas de porta fechada e observou-se que existiam abelhas entrando e saindo dessas casas. Pois bem, o que acontece é que as abelhas aproveitam que não mora mais ninguém por lá e reformam essa casa para transformar em sua colmeia, já que a construção é bem resistente. São elas que fecham a porta da casa e não o João de Barro, 'trancando' sua fêmea lá. Em contra partida também foi observado moradas lacradas com ossada de passarinhos.  O fato é que ela como todo ave, se preocupa mais com a segurança dos ovos do que com a sua própria... aquela coisa de mãe sabe?! Então, enquanto o macho está fechando a porta, a fêmea  continua sentada sobre os ovos aquecendo-os pra chocá-los e não se mexe...

Lendas a respeito



  • Diz-se que havia um homem chamado João. Ele era um homem muito bondoso e fazia casas com barro e capim, cuidando sempre para fazê-las na posição correta (viradas para o nascer do Sol). Ele era tão bondoso que não cobrava nada para construir casas. Depois de muitos e muitos anos, Deus achou melhor ele descansar ao seu lado. Todos entraram em prantos por causa da morte de João. Para consolá-los, Deus criou o “João-de-barro”, fazendo sua casa de barro e capim, sempre virada para o nascer do Sol.  
  • Um dia, O joão-de-barro brigou com Tapera (andorinha), que chegou a dominá-lo e despejou-o do ninho ainda em construção. A fêmea ajudou na construção do ninho, mas parece não ter sido constante, abandonou o macho. O joão-de-barro é fiel até o fim e, por isso, quando percebeu que a esposa mudou de amor, tampou a abertura da casa, fechando-a para sempre.

 curiosidade
  • Quando o João-de-barro e a Maria-de-barro assumem compromisso, é para todo o sempre. Eles vivem sempre em casais que nunca se separam. Quando morre o companheiro passam o resto da vida só.
  • O João-de-barro não  costuma trabalhar no domingo.
Wikipedia /      Saúde Portal - disponível    /  SANTIAGO, R. G.; João-de-barro ( Furnarius rufus ) Biblioteca Digital de Ciências  /     Portal Brasil 500 Pássaros, João-de-barro   /      BUCCI, Demis; A casa do João de barro.

Nenhum comentário: