Pesquisar no blog

terça-feira, 6 de agosto de 2013

TRIÂNGULO DAS BERMUDAS É CHEIO DE MISTÉRIOS


O chamado Triângulo das Bermudas é uma área localizada no Oceano Atlântico entre Miami (Estados Unidos), Porto Rico e ilhas Bermudas, sendo que um trecho engloba as Bahamas, país com mais de três mil ilhas. A área varia aproximadamente de 1,1 milhão de km² até 3,95 milhões de km².


O chamado Triângulo das Bermudas é uma área localizada no Oceano Atlântico entre Miami (Estados Unidos), Porto Rico e ilhas Bermudas, sendo que um trecho engloba as Bahamas, país com mais de três mil ilhas. As histórias de desaparecimento de aviões e embarcações ao longo de vários séculos deu fama ao local de região cheia de mistérios.
Porém, antes de se falar de desaparecimentos inexplicáveis, é preciso entender as características da região. A corrente marítima de água quente do Golfo, que passa pelo local, tem forte influência no Oceano Atlântico. Uma de suas maiores interferências é no clima, criando frequentes instabilidades, principalmente no Sul dos Estados Unidos e países do Caribe e América Central. Furacões e tempestades são registrados com regularidade naquela área de águas tropicais. Em outra vertente, a região do Triângulo das Bermudas também é conhecida por ali se encontrar, mais que em outras partes do mundo, cavernas submarinas que se interligam, ocasionando alterações marítimas diversas.
Tais características peculiares criam no Triângulo das Bermudas um ambiente um tanto atípico para navegação e tráfego aéreo.
Mas muitos preferem atrelar o desaparecimento e acidentes de aviões e embarcações no local a fenômenos extraterrenos, como a existência de uma cidade perdida no fundo do mar que exerceria forças inexplicáveis, a presença de objetos voadores não identificados, dentre outros acontecimento sobrenaturais.
Recentemente, pesquisadores encontraram até vestígios de uma cidade submersa ao norte da costa leste de Cuba, dentro do perímetro do chamado Triângulo das Bermudas, a 700 metros de profundidade. A vinculação foi rápida à cidade de Atlântida, continente perdido citado pelo filósofo grego Platão há 10 mil anos e que teria sucumbido por conta de algum fenômeno natural - vale lembrar que antes mesmo desta descoberta já se falava que a mencionada Atlântida poderia se localizar naquele espaço do Oceano Atlântico por conta dos ocorridos no polígono.
Outras correntes falam que o local sofreu com a pirataria, o que teria levado várias barcos a pique ou a deriva na região. Também cita-se que o Triângulo das Bermudas foi alvo de conflitos, levando embarcações e aeronaves ao desaparecimento.
É comum nas histórias sobre o Triângulo das Bermudas atribuir problemas de bússola na passagem de meios de transporte na região. Apesar de muitos acharem isso misterioso, especialistas costumam explicar o fenômeno pelo fato de que em algumas regiões do planeta o equipamento costuma apresentar mais variações do que em outras localidades, por conta de oscilações geográficas do campo magnético da terra. As dúvidas aumentam, porém, quando não se identifica sinais de contato via rádio em alguns desaparecimentos na região - é natural qualquer meio de transporte entrar em contato com as suas bases quando identificam problemas na rota.
O mistério do Triângulo provavelmente começou com o primeiro desaparecimento a tomar um bom espaço na mídia, em 1945, quando cinco aviões Avengers da marinha norte-americana desapareceram na área. Embora o motivo do desaparecimento originalmente tenha sido definido como "erro do piloto", os familiares do piloto que liderava a missão não aceitaram que ele havia cometido aquele tipo de erro e acabaram convencendo a marinha a mudar o veredito para "causas ou razões desconhecidas". O fato é que aviões, barcos e navios desaparecem no local ao longo dos séculos com grande frequência e motivos inconclusos, criando todo tipo de tese em torno do Triângulo das Bermudas. Livros e filmes tentam explicar os mistérios do local, mas acabam gerando muito mais dúvidas sobre o que de fato acontece na região. Nos últimos 100 anos, o Triângulo das Bermudas foi o local onde aconteceu um número absurdo e significativamente alto de desaparecimentos inexplicáveis de aviões, navios e pessoas.  Alguns relatórios dizem que até 100 navios e aviões desapareceram na área, com mais de mil vidas perdidas. A guarda costeira dos EUA, no entanto, alega que a área não tem um número incomum de incidentes.
Abaixo, seguem os principais incidentes ocorridos da área:
1840 - embarcação francesa é encontrada a deriva, com velas recolhidas e carga intacta, mas sem a tripulação
1880 - fragata inglesa desaparece com 290 pessoas a bordo.
1902 - outro caso de embarcação, dessa vez alemã, encontrada intacta sem tripulação.
1918 - barco com aprovisionamentos para a marinha dos Estados Unidos some com 309 pessoas.
1931 - cargueiro desaparece com 43 pessoas.
1938 - outra embarcação some com 39 pessoas, com o pedido do socorro recebido apenas quando o banco já estava próximo ao outro lado do oceano, na Europa.
1945 - avião da marinha dos Estados Unidos desaparece com 42 passageiros a bordo.
1945 - esquadrilha com cinco aviões some no local.
1948 - avião comercial transportando 32 pessoas desaparece.
1952 - aeronave britânica, com 33 passageiros a bordo, também desaparece.
1957 - dessa vez, um avião cargueiro é que some na região.
1963 - barco pesqueiro com 20 homens desaparece.
1967 - embarcação que realizava cruzeiros some perto de Miami com a tripulação.
1973 - navio-cargueiro com carga desaparece com 32 pessoas a bordo.

1999 - outro cargueiro some sem deixar vestígios.

Para saber mais CLIQUE AQUI

Nenhum comentário: