Pesquisar no blog

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

POR QUE É IMPORTANTE EVITAR O USO DE ENERGIA NO HORÁRIO DE PICO?



Ter hábitos econômicos faz bem ao meio ambiente. E claro, ao bolso também. Ou seja, dá para viver com menos impacto e ainda economizar dinheiro.





Chegou em casa às 19h e foi direto para o banho? A TV da sala ficou ligada e as luzes acesas? O ar condicionado ligado? Todos os eletrônicos em modo standy- by (é quando o equipamento está consumindo o mínimo de energia possível, ou seja, está em espera. Fica com uma luzinha acesa).Saiba que você está usando uma energia valiosa, que abastece o chamado “horário de pico” do consumo de energia elétrica.

Esse período varia entre 18h e 21h, quando funcionam, ao mesmo tempo, comércio, fábricas, iluminação pública, iluminação residencial, vários eletrodomésticos e a maior parte dos chuveiros. O consumo, portanto, aumenta muito.

Segundo o Programa Combate ao Desperdício de Energia Elétrica (PROCEL), um quarto de toda energia elétrica do país é gasta em residências. O chuveiro é um dos maiores responsáveis pela alta do preço da conta no fim do mês. Não à toa, é o campeão de consumo nas casas brasileiras e representa até 35% da conta no final do mês. (Veja post sobre o consumo de outros aparelhos eletrodomésticos).

ONDE ESTÁ O PROBLEMA?

Para atender à crescente demanda do horário de pico, seria necessário construir novas usinas e linhas de transmissão. A construção de novas usinas hidrelétricas significa claro, custos sociais e ambientais muito elevados. De acordo com matéria publicada na Folha online , o Brasil enfrenta falta de hidrelétricas para garantir a oferta de energia no horário de pico, principalmente no verão. Por isso, o país recorre às termoelétricas, que produzem uma energia mais poluente e apresentam um custo maior de operação.


Como calcular o consumo de energia elétrica?


Todo equipamento elétrico possui uma potência apresentada em Watts cujo símbolo é W. Normalmente esta informação vem estampada no produto ou na embalagem.
Exemplos: lâmpada incandescente = 100 W, chuveiro = 3.600 W, geladeira = 200 W, etc
Para calcular o consumo de um equipamento multiplique sua potência pelo tempo de funcionamento em horas. Ex. um chuveiro funciona 2 horas por dia logo seu consumo é 3.600 W x 2 horas = 7.200 Wh/dia. 
Aqui temos que fazer uma pequena conta que é transformar Wh (Watts hora) em kW (quilo Watts hora). É só dividir o valor encontrado por 1000. Similar a 1 km que é 1000 metros ou 1 kg que é 1000 gramas.
No nosso exemplo, o chuveiro consome 7.200 Wh/dia = 7,2 kW/dia
Desta forma, para calcular o consumo de energia elétrica por mês é só utilizar a expressão:
Consumo = Potência do aparelho em Watts x horas de funcionamento por mês /1.000
Agora vamos dar um exemplo com 2 equipamentos:
  • 2 lâmpadas de 100 W funcionando 8 horas por dia pelo período de 1 mês (30 dias)
Consumo = 2 x 100 W x 8 horas/dia x 30 dias / 1.000
Consumo = 48 kWh/mês
  • 1 computador de 150 W funcionando 10 horas por dia durante 1 mês (30 dias)
Consumo = 1 x 150 W x 10 horas/dia x 30 dias / 1.000
Consumo = 45 kWh/mês
Consumo total destes equipamentos= 48 + 45 = 93 kWh/mês

Este cálculo deve ser feito para todos os equipamentos elétricos porque o medidor de energia elétrica vai medir, durante um determinado período, em média 30 dias, o consumo de TODOS os aparelhos. Por isto é importante você saber calcular o consumo e aprender com fazer seu acompanhamento eficiente. Agora para saber quanto custa o funcionamento de cada aparelho elétrico multiplique o valor encontrado pelo valor da tarifa vigente em seu Estado. Veja no site da sua concessionária de energia elétrica o valor da tarifa.


Por isso, fique atento e sempre que possível evite consumir muita energia nos horários de pico.

fonte: folhaonlime/ superabril/ 
Postar um comentário