Pesquisar no blog

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

COMO SE FORMA O ARCO IRIS?


Dizem que sol e chuva é sinal de casamento de viúva. Mas é claro que isso é só brincadeira. Se você tiver sorte, o que pode acontecer de verdade quando o dia está ensolarado e cai uma chuvarada, é um arco-íris se formar no céu logo em seguida.

Esse arco colorido surge quando os raios de luz do Sol passam através das gotinhas de água que ficam suspensas no ar. A luz solar parece branca, mas é formada por muita cores. Ao passar pelas gotinhas e se refletir nelas, a luz se decompõe e se divide em sete cores. Aí vemos um arco com faixas nas cores violeta, anil, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho. A ordem das cores é sempre a mesma: começando com o violeta embaixo e o vermelho na parte superior. Isso ocorre porque cada onda colorida é desviada em um ângulo um pouquinho diferente e aí elas parecem se encaixar.
Nem sempre que há sol e chuva conseguimos ver um arco-íris. É que para enxergá-lo precisamos estar exatamente entre o Sol e o local onde as partículas de água estão suspensas no céu. Além disso, para que ele se forme o Sol não pode estar muito baixo e nem muito alto. E duas pessoas olhando de lugares diferentes não veem um arco-íris da mesma maneira – as cores podem parecer mais forte ou fracas, dependendo de onde se olha.
Quando observar um arco-íris no céu, lembre-se de como ele é raro e aproveite o visual. Geralmente ele dura poucos minutos, já o caminho colorido some quando o Sol muda de posição ou quando o calor ou um vento forte dissipam a umidade do ar trazida pela chuva que passou.

LENDAS
Povos antigos se encantaram pela beleza do arco-íris e há várias lendas sobre esse fenômeno. Os gregos achavam que ele surgia quando a deusa Íris passava pelo céu e deixava um rastro colorido, transmitindo aos homens mensagens de Zeus, o deus mais poderoso. Havia também quem acreditasse ser uma ponte entre o céu e a Terra, por onde só os deuses podiam passar. Para outros, era um sinal de alegria e felicidade, que combinava com a chuvas, que traziam vida nova para as plantas depois de épocas de seca. E muita gente até hoje acredita na história mais famosa de todas: dizem que um gnomo escondeu um pote de ouro no fim do arco-íris. Quem encontrar o pote ficará rico!

FAÇA O SEU
 Você vai precisar de:

  • 1 folha de papel em branco
  • 1copo com água
  • 1 lanterna pequena e de luz branca intensa

Escolha um local com pouca claridade ou uma sala escura. Coloque o papel em frente ao copo com água. Acenda a lanterna do outro lado do copo, projetando a luz no papel. Você vai ver um arco-íris no papel.
O que acontece
O copo com água faz com a luz da lanterna exatamente o que as gotinhas de água fazem com a luz do Sol, ou seja, separa as cores da luz.

Mini chuva
Você vai precisar de:

  •   1 mangueira de água

Vá a um jardim em que seja possível ligar a mangueira a uma torneira. Fique de costas para o Sol e coloque os dedos na ponta da mangueira, para obstruir a passagem de água e formar uma névoa de gotinhas. Lance a água para o alto, a sua frente. Um arco-íris se formará no jardim.
O que acontece
Ao lançar a água, centenas de gotinhas ficam suspensa no ar. Elas recebem a luz do Sol que está atrás de você e a separam nas sete cores do arco-íris.

VOCÊ SABIA QUE....

  • O fenômeno do arco-íris foi explicado pela primeira vez pelo inglês Isaac Newton, um físico famoso que viveu entre os séculos 17 e 18?
  • Só vemos o arco-íris quando estamos de costas para o Sol?
  • Às vezes se formam arco-íris duplos? Eles aparecem encaixados um no outro.
  • Perto de cachoeiras, muitas gotículas de água ficam suspensas no ar e é possível ver arco-íris em vários horários do dia?
  • Em estudos de laboratório, cientistas já observaram 12 arco-íris se formando a partir de uma única gota de água.


referencia
recreio.uol
Postar um comentário