Pesquisar no blog

segunda-feira, 15 de julho de 2019

DE LONGE É FORMOSA

Lagartas de algumas mariposas (fase larval) apresentam o corpo coberto por estruturas pontiagudas que, penetrando na pele humana, podem causar acidentes que vão desde simples irritações locais até a morte por hemorragias. Essas lagartas são de colorido e tamanho variado (poucos milímetros ate 10cm aproximadamente) e se alimentam de folhas de diversas plantas.



Se porta como louca. Não para um segundo. De longe não é feia. Como ela é maldosa. Ela é má pode até te dar um choque. CUIDADO NÃO A TOQUE. Venenosa! Êh êh êh êh êh!


Entre os lepidópteros brasileiros, duas famílias têm importância em saúde: Megalopygidae e Saturniidae. Existem outras causadoras de acidentes porém de menor importância. São elas: Arctiidae e Lymacodidae.

Extremo cuidado com este espécie

Taturanas são conhecidas por serem um perigoso espécie (por vezes fatais) de lagarta muito comum nas regiões centrais do Brasil. Estas lagartas são cerca de 4,5 a 5,5 centímetros (cerca de 2 polegadas) de comprimento, com as cores de fundo que variam de verde ao marrom.


Família Megalopygidae


São lepidópteros que, na face larval, têm como principal característica o corpo recoberto de longas cerdas inofensivas que recobrem os “espinhos” menores e pontiagudos portadores de glândulas de veneno. São popularmente conhecidos como Taturana-gatinho. Os principais gêneros são Megalopyge e Podalia.

Família Saturniidae


As lagartas desta família são facilmente reconhecidas pelas cerdas em forma de pequenos “pinheiros” recobrindo o corpo. As glândulas de veneno estão inseridas nesses “espinhos” que, penetrando na pele, liberam a toxina. São conhecidas popularmente como taturanas, rugas, orugas, beijus. Os principais gêneros envolvidos coma saúde do homem são: Automeris, Dirphia e Lonomia. Os acidentes com Lonomia são os únicos que podem necessitar o soro especifico para combater a hemorragia resultante da ação do veneno que torna o sangue incoagulável.

Família Arctiidae 

Algumas espécies produzem substâncias tóxicas ou assemelham-se a espécies que as produzem. Em muitas das espécies as lagartas têm pilosidades. As lagartas normalmente estão acivas durante o dia. Se importunadas, enrolam-se em forma espiral compacta.

Família Lymacodidae

As lagartas são formas imaturas de representante da ordem Lepidoptera (borboletas e mariposas), pertencem a família Limacodidae e do gênero Phobetron Apresentam três projeções longas de cada lado do corpo achatado e peludo. Os pelos (cerdas) não são venenosos, segundo a literatura, mas podem induzir reação alérgica em algumas pessoas. As pernas são curtas e as “prolegs” (falsas pernas) são reduzidas, tipo ventosas. Esta lagarta é fitófaga, alimenta-se de plantas.


2 comentários:

  1. Conheço de perto a taturana no quintal de casa. Uma dor insuportável, contínua e forte. Uma queimação a fogo.Impossível esquecer. Uma brasa viva para suportar por 24 horas, sem parar.

    ResponderExcluir
  2. são lindas, algumas medonhas, perigosas somente para o jardim

    ResponderExcluir

CAROS LEITORES, SEJAM BEM VINDOS!