Pesquisar no blog

terça-feira, 20 de março de 2018

CONSUMO DE ÁGUA NO BRASIL

Você conhece a atual situação do consumo e desperdício de água no Brasil? Sabe como grande parte da água distribuída é desperdiçada? É fato que ultimamente as campanhas de conscientização sobre a importância da água e consumo responsável cresceram significativamente. O aumento dessas ações é em razão do elevado consumo e desperdício que vem sendo discutida há anos. 

QUANDO FOR BEBER UM COPO DE ÁGUA HOJE, PRESTE ATENÇÃO, VOCÊ ESTARÁ OLHANDO PARA UMA GOTA DA HISTÓRIA HUMANA.


A água que você bebe hoje provavelmente existe de uma forma ou de outra desde que os dinossauros vagaram pela Terra, centenas de milhões de anos atrás. O desafio que enfrentamos agora quando nos dirigimos para o futuro é como efetivamente conservar, gerenciar e distribuir a água que temos.
De cada 100 litros de água tratada no Brasil, somente 63 litros são consumidos e os 37 restantes são perdidos. As perdas ocorrem devido à vazamento, ligações irregulares, falta de medição ou medição incorreta e roubos.  A média de consumo diário que a ONU recomenda é 110 litros por habitante/dia. Estudos apontam que essa quantidade é suficiente para suprir as necessidades básicas de uma pessoa. Porém não é isso que acontece, segundo dados do Instituto Trata Brasil o consumo médio brasileiro é de 166,3 litros por habitante/dia. O que fica 51% acima do recomendado.
Agronegócio
A atividade agrícola é responsável pelo uso de 72% dos recursos hídricos utilizados no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), 46,2% de toda água retirada para uso no Brasil é destinada à irrigação. Esse é o principal uso do recurso no País e corresponde à prática agrícola que utiliza um conjunto de equipamentos e técnicas para suprir a deficiência total ou parcial de água para as culturas agrícolas. Em 2016, a demanda total de água retirada para irrigação no Brasil era de 969m³/s, ou seja, 969 mil litros por segundo. Neste setor existe uma preocupação que caminha com o consumo e desperdício de água. Hoje, quase 50% do volume de água utilizado na irrigação das plantações são perdidos pelo fenômeno da evaporação. Além disso, anda ocorrendo a contaminação da água em lençóis por meio de agrotóxicos e outros produtos que afetam o padrão de qualidade desse bem precioso. 
Além do uso ligado a práticas agrícolas, no meio rural, a água é utilizada para o abastecimento animal. O consumo de água diário para pecuária varia de acordo com a espécie criada e totaliza 165,1 m³/s. No Brasil, a maior parte do consumo animal (127,5 m³/s no total para o País) é referente à criação de bovinos.

Abastecimento urbano 
O abastecimento urbano fica com 19% de toda água destinada para consumo no Brasil. Segundo a ANA, são necessários 488,3m³/s, cerca de 15 vezes a demanda para o abastecimento rural, para atender a necessidade da população que vive nas cidades. Aqui, o serviço de abastecimento urbano de água, é prestado predominantemente por companhias estaduais de saneamento (em 69% dos municípios brasileiros), além de entidades municipais e empresas do setor privado. O abastecimento residencial gira em torno de 8%. 

Indústria 
As indústrias ficam com 9 % do total da água usada, o que corresponde a 192,4m³/s. Nas indústrias extrativistas (que retiram matéria prima da natureza para ser utilizada em outras indústrias), o total retirado era de 32,8m³/s, em 2016. As de transformação por sua vez, captam 159,6m³/s. 
Desperdício 
Mesmo com alertas e a falta de água em alguns municípios, algumas pessoas ainda desperdiçam água. Justificando o mau uso por estarem pagando por esse recurso. É importante destacar que a água é essencial para todas as atividades de sobrevivência humana, animal e plantas. A falta deste bem valioso afeta a produção de alimentos, a produção de energia e outros bens necessários para nosso conforto. Além disso, o pagamento pelo uso da água é previsto em lei e não pode ser utilizado como razão do desperdício. Outro fator relevante é a situação do sistema de abastecimento e distribuição no Brasil. Muitas redes são extremamente precárias e mal planejadas. Segundo um estudo da ANA, 55 % dos municípios, que respondem por 73% do consumo de água do país, precisam de investimentos prioritários 



Fonte: Agência Nacional de Águas

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...