Pesquisar no blog

terça-feira, 17 de julho de 2018

ANIMAIS HÍBRIDOS

Parece coisa de cientista maluco de filme, cruzar um animal com outro e nasce um híbrido super desenvolvido. O que nos reserva o futuro, com os avanços da engenharia genética e clonagem? Só o tempo irá dizer! Esses animais híbridos  em sua maioria não são vistos livremente na natureza. 


Cruzamentos entre espécies podem ocorrer até mesmo na natureza, sem influência humana. Alguns geram descendentes férteis, são casos exclusivos, mas que se repetem vez ou outra. Mas a maioria foi criado a partir da astúcia e a criatividade do homem, que resolveu cruzá-los e ver o que dava. Cruzamentos de espécies felinas, equinas, de animais marinhos, bovinos, etc. A vida encontra um meio.


CÃO LOBO
Esses mestiços elegantes são o resultado do cruzamento entre um pastor alemão e um lobo. O cão lobo tem o temperamento do pastor alemão e a aparência e a força de um lobo. É um verdadeiro super-homem entre os cães!

MAROZI
O Marozi , ou Leão Manchado, foi descoberto quando um fazendeiro no Quênia atirou e matou dois exemplares em 1931. Um dos espécimes pôde ser estudado e agora reside no Museu de História Natural de Londres. O bicho é verdadeiramente impressionante. A imagem mostra um representante africano. O marozi são considerados uma subespécie extinta de leão.

GROLAR
Este peludo é o grolar (de grizzly e polar, em inglês), uma mistura entre os ursos pardos e brancos. Curiosamente, não só existe em cativeiro, mas também em estado selvagem.

CAMA
Cama (do inglês camel e lama) é um híbrido de camelo com lhama. O híbrido existe apenas em cativeiro, porque na natureza este tipo de animal é improvável: os camelos vivem na Ásia e na África, e as lhamas, na América do Sul. O Cama é o cruzamento entre um camelo macho e uma lhama feminina. Eles não podem ser produzidos naturalmente e são produzidos apenas por inseminação artificial. A primeira cama foi produzida em Dubai com a esperança de ter o tamanho e a força do camelo, bem como as habilidades de cooperação do lhama. No entanto, esta primeira cama, chamada Rama, estava muito zangada e não cooperativa.

LIGRE
Um ligre ver da junção entre um leão e uma tigresa. Esses animais híbridos são criados apenas em cativeiro, já que as duas espécies não se cruzam livremente na natureza. Eles crescem rápido e costumam ficar enormes, como no caso de Hércules, esse ligre que você vê na foto. Ele é o maior felino vivo na Terra e pesa mais de 410 quilos. O seu aspecto é de um gigantesco felino dourado.

BEEFALO
Uma estranha criatura híbrida, resultado de uma tentativa fracassada de se criar uma raça metade vaca metade bisão no início do século 20. O problema está em seu comportamento considerado "destrutivo": bebem muita água, comem vorazmente, destroem o solo e a vegetação por onde passam. esses animais ─ que atualmente vivem soltos no Grand Canyon, no sudoeste dos Estados Unidos. ─ estão se provando uma dor de cabeça tanto para ambientalistas quanto para grupos indígenas, que querem exterminá-los. Parece fisicamente com um touro comum. E geneticamente herda apenas 3/8 dos genes do bisonte.

ZEBURRO
Os zeburros herdam a melancolia dos burros e listras das zebras. Um caso raríssimo de cruzamento de uma jumenta com uma zebra (macho).feita em algumas reservas de animais. O bicho nasce com o tronco marrom, como o do burro, e as pernas listradas, como as da zebra.

CABRELHA
Este híbrido nasceu como resultado de cruzamento entre um cordeiro e uma cabra ou uma cabra com uma ovelha. Na natureza, este cruzamento não existe, embora alguns agricultores digam que sim.

LEOPAN
O híbrido entre o leopardo e a leoa é um animal magnífico. Os dois leopões mais famosos, Jazhara e Tsunami (foto), nasceram no parque nacional Bear Creek, em Ontário (Canadá).

PINTAGOL
Este pássaro pequeno é a combinação de duas espécies Canário com Pintassilgo e chama a atenção de muitos criadores de aves. Sua reprodução é relativamente simples. Tem um excelente canto, é valente, e muito resistente.

SAVANNAH
Esta raça surpreendente foi criada pelo cruzamento do gato doméstico com o gato selvagem africano Serval. O resultado é um gato muito grande, exótico, com um pelo incrível, caro e que se comporta mais como um cão. Possuem um porte intermediário ao do gato doméstico e ao do serval, sua cabeça possui formato triangular, orelhas esguias e de tamanho grande, e a pelagem formada por manchas iguais a do serval, porém, a cor do pelo pode variar entre prateado, dourado ou marrom. Pelo fato da raça ser resultante do cruzamento de espécies diferentes, a maior parte dos animais é estéril, o que a torna uma raça muito rara.

WHOLPHIN 
Um Wholphin ou Wolphin é um híbrido raro provindo do cruzamento entre uma fêmea da espécie Golfinho Roaz (Tursiops Truncatus) e uma Falsa Orca (Pseudorca crassidens) macho. Apesar de o nome Wholphin resultar da junção das palavras Whale (Baleia) e Dolphin (Golfinho) ambos pertencem taxonomicamente à familia dos golfinhos oceânicos, que se encaixa na sub-ordem das baleias com dentes. Apesar de terem sido observados alguns individuos na Natureza, existem apenas dois animais em cativeiro, ambos no Sea Life Park, no Havai.

TIGREÃO
Há também o cruzamento de leoas com tigres, originando o tigreão. Ao contrário dos ligres, esses animais híbridos são menores até que seus pais e possuem jubas.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...